Make your own free website on Tripod.com

 

 

Muitos daqueles que me escrevem, já fizeram esta pergunta ou outras derivadas da mesma  mas que mantêm o tema...a Iniciação na Wicca.
Bom, em primeiro lugar teremos que perceber o que significa "Iniciação"...
No Dicionário da Porto Editora diz assim:

substantivo feminino
acto ou efeito de iniciar;
ingresso no conhecimento de coisas secretas;
cerimónia com que se inicia alguém nos mistérios de uma religião;
acção de instruir um indivíduo nas primeiras noções de qualquer coisa;

(Do lat. initiatióne-, «id.»)

Então analisemos; que é o 'acto ou efeito de iniciar', já se sabe, mas aparece também nesta sensata definição expressões como: "coisas secretas"; "Mistérios de uma religião"; "instruir um indivíduo". Parece-me então que numa análise superficial aos termos utilizados, se quer, junto de todas estas palavras, uma outra: responsabilidade.

Uma iniciação tem além disto tudo implicações antropológicas e muito precisas dentro das culturas em que são executadas e das Tradições em que são aplicadas. Apetecia-me juntar a este texto todos os outros textos desta mesma página, por isso aconselho o leitor(a) a consultá-los antes que avance mais na leitura deste.

Continuemos então...

A Wicca, e estreitando um pouco os horizontes desta nossa conversa, é uma Tradição formada por elementos ritualísticos específicos e com regras específicas. Sendo uma Tradição, acarreta uma série de responsabilidades e de intemporalidades que não poderão ser tratadas de modo superficial . A Wicca e como já se referiu em texto anterior, uma Tradição Pagã e por isso acarreta uma fase de preparação e uma consciência absoluta de escolha. Assim será perfeitamente insustentável a ideia de que se deverá simplesmente 'saltar' para a Wicca sem que esse salto seja medido com a devida precaução, pois poderá tornar-se um salto maior que a perna!
Serão precisos muitos anos de estudo e desenvolvimento espiritual e intelectual para se poder chegar ao ponto da Iniciação. Tal como o saber Druídico, na Wicca nada é simplesmente adquirido mas conquistado à custa de um árduo esforço e dedicação.
Uma Iniciação é feita, não só apenas quando aquele que a pretende fazer se diz preparado, mas também e quando outros com maior saber e experiência lhe dizem que chegou a altura para o assumir...e quando digo `assumir' é porque por detrás desta decisão estão responsabilidades grandes que dizem respeito não só ao iniciado como também à comunidade pagã a que pertence.
Muitas das pessoas pensam que uma Iniciação é um título ou como um certificado de habilitações...não o é de maneira
nenhuma...ultrapassa tudo isto! E mesmo muitos dos iniciados depois de o serem pensam que já está...'pronto ficamos por aqui'...não é de esquecer que a Iniciação, como o nome indica é um inicio, não um fim e muito há ainda para fazer para além dela.
Não se compram.
Nem todos a têm que ter. E isto não poderá ser visto como um demérito, pois não se é melhor pagão por se ser iniciado!
Ao contrario de algumas Ordens Esotéricas, a Wicca não possui templos onde se iniciam possíveis membros, nem se fazem à distância.
A Iniciação é um acto de responsabilidade e de partida, não de chegada...

 

Iniciação ou não...